Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: O amigo do irmão do amigo da AL-BA

[Na Sombra do Poder: O amigo do irmão do amigo da AL-BA]
Por: BNews Por: Editoria de Política 0comentários

O amigo do irmão do amigo da AL-BA

Na gestão passada, o dono da pasta rosa da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) tocava o terror com a sua lista de demissão embaixo do braço. Ficava de vigília ao lado da portaria principal da Casa dizendo a um e a outro que o nome constava na lista de demissão. Após deixar as dependências do Palácio Luís Eduardo Magalhães, antes do início da nova gestão, o “irmão” passou a transitar de Mercedes para cima e para baixo rindo da cara da sociedade. Ao Ministério Público recomenda-se abrir os olhos para aqueles que têm bens incompatíveis com os rendimentos. Aí tem coisa!

Sem voz


Apesar de presidente nacional do DEM, ficou claro que o prefeito de Salvador, ACM Neto, não possui voz alguma com o líder do seu partido na Câmara Federal, o deputado Elmar Nascimento. Em resumo, nesse quesito o seu apito é mudo. Mesmo após ter adiado a viagem de volta a Salvador para encontrar o presidente Jair Bolsonaro (PSL), após ataques do correligionário ao governo, o líder democrata não se fez de rogado e disparou novas críticas ao que classificou como errado na nova gestão. Está aí um problema difícil para Netinho resolver, levando em conta que até ele já foi alvo do aliado e não conseguiu fazer nada.

Bruno Reis mete dança. Já Neto...

Pelo menos no quesito dança, o vice-prefeito Bruno Reis (DEM) está melhor que ACM Neto. Aliás, conforme as más línguas, somente na dança, pois ainda terá que ralar muito a canela para alcançar o patamar do chefe. “Ou será o chefe que terá que ralar muito a canela para fazê-lo dançar a sua cartilha e sentar na sua cadeira?”, deixaram no ar a pergunta.

Belli com moral 


Tem deputado na AL-BA apostando todas as fichas que Guilherme Bellintani vai sair candidato a prefeito de Salvador. Um deles, em conversa com esta coluna, foi enfático: ele é candidato. Precisa saber em qual grupo sairá. Nos bastidores, dizem que a preferência é do grupo de Neto, porém investidas do grupo de Rui não faltam. Ainda há muita água para rolar.

Disputa de honrarias
Falando no presidente do Bahia, ele segue disputado até nas honrarias. No segundo semestre deste ano, recebe a Comenda 2 de Julho, honraria proposta pelo deputado Marcell Moraes (PSDB) e que será dada junto com Sandro Régis (DEM), como um “acordo de cavalheiros”. A sessão solene de entrega do título será antecipada para não dar brechas a interpretações em ano político, afinal, vai que ele muda de lado. A moral já estará garantida. Seguro morreu de velho.

Cão de guarda


O deputado estadual Capitão Alden (PSL) fugiu da imprensa durante o ato em defesa do presidente Jair Bolsonaro, no último domingo (26). Ao ser abordado pelo BNews para uma entrevista, o deputado chamou uma assessora "cão de guarda", que por sua vez indagou quais perguntas seriam feitas. A postura foi repetida com outros veículos de imprensa. "Na hora de nos procurar para divulgar o mandato dele, ele sabe", comentou um dos jornalistas presentes.

Aliás...


Todo mundo estranhou o fato de Alden subir no trio do casal Pimentel. Fez até foto com Dayane... A deputada estadual Talita Oliveira, que também está brigada com a cúpula do PSL baiano, se manteve firme e desfilou no chão junto ao povo.

Doido pai e doido filho?
Filho do Sargento Isidório (Avante), considerado o doido mais querido da Bahia, o deputado estadual João Isidório (Avante) já segue o exemplo do pai em simpatia. Chamou atenção em evento recente quando saiu dirigindo o próprio carro na companhia do pai e acenou quando gritaram de lá: “tchau doido filho”.

 

Leão em alta


De nada adiantou tanta polêmica em torno da exoneração do chefe de gabinete da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), Wilson Brito. Em seu lugar, assumiu Leonardo Ramacciotti Miranda. Na verdade, a situação apenas evidenciou mais uma guerra no partido entre as famílias Leão e Negromonte, onde o rugido dos leões está tendo mais força. A comprovação foi o gestor da Sihs, Leonardo Góes, ter designado Ramacciotti, indicação de Cacá Leão, para substituí-lo nas suas ausências e impedimentos eventuais.  Em suma, mais uma batalha vencida.

Apagando fogos


Atenção! Tem integrante do segundo escalão do prefeito ACM Neto (DEM) que está com a mão na cabeça. Sosthenes Macedo, da Defesa Civil, o fogueteiro oficial, pode ficar sem o barulho dos pipocos, principalmente se o projeto de lei do vereador Marcos Mendes (PSOL) passar pelo Plenário da Câmara de Salvador. Pelo pessolista, deveria ser proibido o barulho de fogos em Salvador. Tem gente com medo de ser demitido.

Ganhou corpo
Ganhou corpo no meio dos corredores da Câmara de Salvador a fama de “barraqueira” atribuída a uma vereadora. A popularidade seria não apenas pelos seus discursos em tom de quem não aceita o contraditório, mas pelas brigas que anda tendo com os pares e até mesmo com assessores dos pares. Anda mandando muitos se ligarem em tom jocoso e ameaçador. Muitos riem e a chamam de furação da Casa, mas outros já correm quando percebem seu estado de TPM, conforme comentários chegados a esta coluna.

Cara de valor


Após subir o tom contra o colega Carlos Muniz (Podemos), que denunciou que o Centro de Convenções iniciou a construção sem licença ambiental, o líder do governo Paulo Magalhães Junior (SD) recuou e pediu desculpas.  "Todos sabiam que a licença prévia já existia e não tinha motivo para aquela denúncia infundada de Muniz. Posso ter me excedido um pouco, mas a gente fica muito triste com essa politicagem, com essa forma de fazer política que não cabe mais. O vereador Muniz é um cara de valor e gosto muito dele", afirmou em entrevista à Rádio Metrópole.

Favor de inimigos
Há quem diga nos corredores da Câmara que o vereador Alexandre Aleluia (DEM) fez um favor ao vereador Cezar Leite (PSDB). O embate em torno da briga dos assessores forçou o tucano exonerá-los para não provocar dor de cabeça no edil. Boca maldosas apontam que Cezar se livrou de problemas futuros.  E no caso da Vodca Ruim, teve até churrasco de comemoração. Pessoa querida!

De fora


Dayane Pimentel, presidente do PSL baiano, adora soltar aos quatro ventos que é bastante próxima da família Bolsonaro e amiga de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). A deputada federal baiana, no entanto, não deu as caras no luxuoso casamento do parlamentar com a psicóloga Heloísa Wolf, realizado no último sábado (25), no Rio de Janeiro.

Protestos Prolapsados
Por falar em Dayane, a bolsonarista baiana virou motivo de chacota nas redes sociais após fazer o discurso dos "Cus Prolapsados". A fala virou hashtag nas mãos da oposição durante o domingo de protestos a favor de Bolsonaro.

Ping-Pong 


Sempre com frases de efeito, o senador Ângelo Coronel (PSD) não perdeu a oportunidade de dar uma alfinetada no Governo Bolsonaro. Na sessão da última terça (28), chamou de “Governo Ping-Pong”, “um dia é ping, outro dia é pong”, para ironizar as trapalhadas da gestão e os recuos de decisões tomadas. 

Personae non gratae


Agora especulado para o PR e o PTB, o grupo do prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (sem partido), não terá tanta facilidade para encontrar um novo ninho para disputar as eleições do próximo ano. É que os líderes de alguns dos principais partidos têm feito de tudo para manter distância do ex-democrata, cuja popularidade está em baixa no município. Atualmente, na base do governador Rui Costa (PT), já foi ventilada a filiação ao PSD, mas os anos se passaram e nada se concretizou.

Não mexa no meu asfalto 


Imaginem só o absurdo que está acontecendo em Santo Amaro: o prefeito Flaviano Bonfim (DEM) está colocando asfalto em uma rua tombada. O intelectual Jorge Portugal e a comunidade santamarense estão revoltados com a situação. O professor convocou a população para retirar o novo pavimento, inclusive pedindo a participação de Caetano e Maria Bethânia. Respeite a história da cidade, prefeito!
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas