Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: Luz Divina

[Na Sombra do Poder: Luz Divina ]
Por: Reprodução/ Redes sociais Por: Editoria de Política 0comentários

Luz Divina
Segundo as boas línguas, tem um toque divino no processo licitatório da iluminação pública de Salvador. Em tempos de canonização de Irmã Dulce poderíamos atribuir à Santa o milagre da luz... mas sqn. A turma da rádio-peão comenta que os “meninos de Deus” levam enorme vantagem no certame, afinal Deus, Luz e Roma andam de mãos dadas desde os nossos antepassados. Amém!

Amada amante italiana

Chamou a atenção de alguns parlamentares que estiveram na canonização da Santa Dulce dos Pobres, no Vaticano, a presença de uma bela jovem de cabelos dourados e pele bronzeada. A moça estava sempre próxima a um figurão da política local, exibindo uma bela tatuagem na panturrilha. De scarpin vermelho e “tailleur” branco com uma saia de seda italiana, ela praticamente parou os olhares de alguns afortunados que estavam na cerimônia ao se dirigir para o mesmo veículo onde estava o dito-cujo. Ficou uma pergunta no ar: será que essa também é assessora?

Vaticano de alma leve
Viajar faz bem, mas viajar à Europa faz bem demais! A excursão pelo Vaticano para a canonização da Santa Dulce dos Pobres oxigenou a energia espiritual das principais figuras da política da Bahia. A turma voltou de alma leve, mais espiritualizada e exalando paz. O senador Angelo Coronel aproveitou, inclusive, para renovar a lua de mel com a digníssima. Vamos ver por quanto tempo durará o ambiente sereno. As eleições 2020 vêm aí...

Coisa de Santa Dulce

Mas, por enquanto, fique com esse encontro do governador Rui Costa, o prefeito ACM Neto e o vice-prefeito Bruno Reis no aeroporto, fazendo hora para embarcar de volta ao Brasil. Quem passou por perto disse que o clima era tão extraordinário que só podia ser coisa de Santa Dulce.

25/03
Mas também teve gente da boca maldita que reparou no sapato de Bruno Reis. Disseram que o pré-candidato do luxuoso cinto Salvatore Ferragamo desceu às profundezas do populismo e comprou o pisante arrojado nas lojas da Avenida 25 de Março, em São Paulo. 

Bençãos eleitorais 

Por falar em Reis, ele fez todas as preces, votos e orações que pôde para Dulce e todos os santos que encontrou pelo caminho. O pedido? Ele quer transferir para si as mesmas bençãos eleitorais que levaram Neto ao Palácio Thomé de Souza. Esse registro é da primeira missa com Irmã Dulce já reconhecida como Santa.

Reza por 2020

Leo Prates ficou em Salvador, mas não descuidou da espiritualidade. O registro fotográfico de uma das atividades na Secretaria de Saúde dá a entender que o gestor está apegado à oração. A reza também é por 2020. 

Tagarela
O vereador Geraldo Júnior declarou, na volta a sessão ordinária da Câmara Municipal de Salvador, que aproveitou a viagem para aprimorar o inglês britânico. Inclusive, soltou até o slogan "cuidar das pessoas é a nossa vocação" em inglês. "Take care for people is our vocation", brincou.

De molho
Ainda na sessão, Geraldo teceu críticas e anunciou que vai mover um processo contra a empresa aérea TAP que, segundo ele, o fez ficar cerca de 25 horas no aeroporto por um atraso nos voos.

Os Garotos de Copenhague

 Antes de chegar ao Vaticano, a turma de Neto passou pela Dinamarca para a conferência do Grupo C40 de Grandes Cidades para a Liderança Climática. Por lá, ficaram conhecidos como “Os Garotos de Copenhague” porque teve desfile pelas ruas para uma exaustiva sessão de fotos, despejadas sem dó nas redes sociais.

Labcrime
Um importante empresário da área de exames laboratoriais passou uma vergonha enorme um dia desses. Tudo porque o “porretão” adquiriu fiado uma potente aeronave digna dos filmes de Hollywood sem desembolsar um tostão. O fato é que, depois de diversas cobranças, o “hermano” que o vendeu resolveu tomar "na tora” o brinquedinho de volta, deixando o projeto de empresário com uma péssima fama na sociedade da soteropolis. Que mico!

Confusão interna
Governistas e governo demoraram a falar a mesma língua sobre o movimento de greve da PM e, por pouco, não deram munição ao grupo chefiado por Prisco. Dois dias depois de o governador e o Comando Militar negarem a existência da paralisação, eis que o presidente e vice-presidente da AL-BA, Nelson Leal e Alex Lima, resolveram fazer um gesto para “intermediar” um encontro e encerrar a greve, negada veementemente pelo Executivo.

Apoio moral
Leal deu apenas apoio moral, já que estava em Roma para a cerimônia de canonização da Santa Dulce dos Pobres. Alex Lima quis testar sua força como presidente interino, mas fraquejou. O encontro com representantes da Aspra e poucos deputados, na última sexta-feira (11), foi um fiasco. Prisco abandonou a sala porque queria além do combinado e o clima ficou tenso.

Eu avisei

Além de enfrentar um batalhão de jornalistas ávidos por explicações, Alex Lima teve que ouvir um sonoro “eu avisei” do governador, com quem falou ao telefone após as entrevistas.

Cara protocolar

Em tempo, vale registrar a cara protocolar dos deputados que foram à reunião apenas ocupar cadeiras. Nem os colegas de Prisco da bancada de oposição fizeram movimentos em defesa dele. Na verdade, o grupo de oposição esquivou totalmente da temática “greve”.

Nasceu morta
O resumo da ópera é que a greve nasceu morta e ninguém quis segurar o feto nos braços. A incursão prisconiana se perdeu num caminho sem volta.

Mera formalidade 

Causou surpresa na imprensa a exoneração da secretária de Políticas Públicas para Mulheres, Rogéria Santos, publicada no Diário Oficial da última sexta-feira. Na segunda, ela voltou à Secretaria, também com nomeação no Diário. O vai e volta teve motivo: mera formalidade para cumprir o regimento interno da Casa. A secretária, que é vereadora licenciada, queria presidir a sessão solene na Câmara que concedeu, na sexta à noite, o Título de Cidadão de Salvador ao comandante do 6º Batalhão de Polícia do Exército (6º BPE), Coronel André Sodré Lira Brandão. Pelo regimento, secretários não podem presidir sessões. Logo, ela pediu para ser exonerada na sexta e nomeada na segunda, assim agradaria o amigo Coronel. De quebra, ganhou holofotes na imprensa que noticiou o “vai e volta”.

Araponga na área
Uma certa “autoridade” anda dando uma de araponga pelas ruas de Salvador. Dizem que ela anda por aí monitorando a vida alheia de políticos e empresários. Mal sabe ela que o MP está de olho nas licitações da araponga de araque.

Isopor dos infernos

Frequentadores do Porto da Barra estão indignados com o secretário Felipe Lucas. Tudo porque o jovem “estagiário” da Semop não atende e muito menos resolve o problema dos ambulantes no Porto da Barra nos finais de semana. A desordem pública na Ipanema baiana é motivo de chacota nas redes sociais e vergonha para assíduos que ali se banham. Com a chegada do verão, a única pasta que preocupa o prefeito ACM Neto é a tal que se diz responsável pelo ordenamento dos ambulantes da cidade. Já há quem reze pela volta do antigo gestor Marcos Passos para comandar a ordem...

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas