Justiça

É uma prova imprestável e não creio que incrimine Moro, afirma procurador do MP-BA

[É uma prova imprestável e não creio que incrimine Moro, afirma procurador do MP-BA]
10 de Junho de 2019 às 11:06 Por: Reprodução Por: Redação BNews 0comentários
O procurador de Justiça do Ministério Público da Bahia (MP-BA), Rômulo Moreira, concedeu entrevista na manhã desta segunda-feira (10) ao apresentador José Eduardo, no Bahia no Ar 1ª edição, na Metrópole e falou sobre o vazamento das conversas entre o minstro da Justiça, Sérgio Moro e o procurador Dallagnol com relação à condução da Operação Lava Jato.
 
“A forma como isso chegou para a imprensa é condenável. O conteúdo tem que ser analisado. É uma prova imprestável e não creio que modifique alguma coisa ou que incrimine Moro ou alguém. O contrário é até admissível. Pode beneficiar algum acusado. Mas tudo isso é lamentável do ponto de vista ético. Isso faz com que Moro seja suspeito de parcialidade. O MP não pode ter essa relação promíscua com um juiz”, afirmou.
 
Segundo ele, os vazamentos não devem anular nenhum processo, como especulam ministros do STF, para não contrariar a opinião pública. “Eu não acredito que vá anular processo algum, precisaria de muita coragem. Não acredito que o judiciário teria coragem de ser contra o pensamento majoritário, seria uma afronta contra a opinião pública”, apontou.

O procurador aponta ainda que o ex-juiz Sérgio Moro fica em “posição delicada”. “A grande pretensão dele parecia ser ministro do STF. Se outras conversas vazarem, a imagem dele, nem digo diante da opinião pública, mas sim diante de ministros do STF, vai ficar um tanto quanto desgastada”.

 
Questonado sobre a postura de Moro diante do fato, Moreira ressalta: “Se ele acha aquele conteúdo normal, mostra o caráter dele. Esse episódio vai entrar como lama na história do Brasil, do direito do Brasil”.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas