Justiça

Conselho do Ministério Público pode investigar Dallagnol por conversas com Moro

[Conselho do Ministério Público pode investigar Dallagnol por conversas com Moro]
10 de Junho de 2019 às 13:26 Por: Fernando Frazão/ Arquivo/ Agência Brasil Por: Redação BNews 0comentários

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), órgão responsável por fiscalizar as atividades de promotores e procuradores, deve investigar o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, e outros que participaram da troca de mensagens revelada pelo site The Intercept Brasil neste domingo (9).

Nos diálogos, travados em um aplicativo de mensagens, o então juiz Sergio Moro orienta Dallagnol sobre a operação. Ele sugeriu mudar a ordem de fases da Lava Jato, cobrou a realização de novas operações, deu conselhos e pistas e antecipou ao menos uma decisão judicial. 

Segundo a coluna de Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, na noite de domingo (10), integrantes do conselho discutiam o que fazer.

"Em primeiro lugar, precisamos verificar se o conteúdo [das mensagens divulgadas] é verdadeiro. Caso isso se confirme, o CNMP não pode deixar de examinar o assunto", diz o conselheiro Luiz Fernando Bandeira de Mello.

Entre as irregularidades que as mensagens revelariam estaria a adoção de estratégias, por parte dos procuradores, para manter o processo de Lula com eles.

A lei veda que procuradores atuem para manter processos em suas mãos pois isso violaria o princípio do promotor natural. A eventual atuação política dos procuradores, que também é proibida pela legislação, será investigada.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas