Geral

4 dias após ser 'enterrado', idoso reaparece em casa

[4 dias após ser 'enterrado', idoso reaparece em casa]
09 de Janeiro de 2021 às 13:29 Por: Reprodução Por: Redação BNews

O idoso de 65 anos, Julio Sarmiento, retornou para casa após quatro dias de seu funeral. A história do “morto” que apareceu vivo aconteceu após a Victoria Sarmiento, esposa do suposto defunto, identificar incorretamente um corpo no necrotério. A mulher acabou enterrando, no dia 30 de dezembro, uma vítima desconhecida do novo coronavírus.

O caso aconteceu em El Carmen, em Honduras, e foi noticiado em primeira mão pelo jornal La Prensa. Preocupada, Victoria levou seus documentos de identidade ao hospital local, onde funcionários disseram que o marido dela havia morrido recentemente de coronavírus.

A mulher contratou uma agência funerária para transferir o corpo do homem por 48 quilômetros do hospital para sua aldeia rural no município de San Nicolas, após a notícia do Copan, no oeste do país. No total, Victoria disse que gastou 10.500 lempiras (R$ 2.310) para as despesas do funeral.

Segundo o hospital, um dos filhos de Julio ligou para eles expressando dúvidas sobre o morto após a abertura do caixão no dia do funeral, mas posteriormente prosseguiu com a cerimônia. O diretor do hospital, Juan Carlos Cardona, insistiu com a mulher que identificou erroneamente o corpo que o homem era seu marido.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar